terça-feira, 23 de março de 2010

À beira de uma síncope

Valha-me Deus que ia tendo um ataque cardíaco agora mesmo! Então não é que fui à janela do quarto e de repente senti qualquer coisa debaixo do pé... Quando olhei ía-me caíndo tudo ao chão. Tinha esta criaturinha, que mede quase 4cm de comprimento (sem contar com as antenas - coisa pouca, portanto!!!), a estrabuchar no chão do quarto, a abanar as antenas e as patas... Yark!!! Com licença que vou só ali vomitar e já volto. É que para este amiguinho estar aqui a esta hora significa que passou a noite comigo! Por onde é que ele terá andado a passear?!

12 comentários:

Cenasdegajo disse...

No cão do quarto? Não me digas que tens um cão em casa divisão da casa... Não deites fora a criaturinha... tem um ar fofo... Vai tomar um banhinho de imersão e leva-a contigo... puxa-lhe as antenas e parece que está a surfar...

Marta disse...

Correcção efectuada! ;)

Credo, mal lhe consegui pegar para atirar pela janela fora. Quase que me vomitava! Urgh!!!

Filipe disse...

O pior é saber de onde veio ! E se haverá mais, a pulularem pela casa à noite.....lol....

Marta disse...

Epaaaaaaaaa!!! Não digas isso senão vou passar as próximas noites sem dormir! Já sabes como eu sou com a bicharada! Nem pareço uma mulher nascida e criada no campo! :)

Sun... disse...

Ai, que coisa mais fofa!
E a menina até se deu ao trabalho de fotografar e medir a bicheza... Tu já sabes que eu não sou nada de intrigas, mas parece-me mesmo uma bicha fêmea e mãe de família. Para bem da tua consciência, recomendo-te que vás procurar os pobres orfãos e que lhes dês de comer.

(é tão bom quando nos sentimos SUNNY, não é?)

SillyTalk disse...

Eu morria ali mesmo!

Marta disse...

Então Sunzinha, não foste tu que afirmaste que eu não tinha consciência?! Hum?! Podem morrer longe! Urgh!

E claro que tinha que me dar ao trabalho de fotografar. Se eu me queixasse que tinha um monstro no quarto ninguém acreditava em mim sem provas... :)

Marta disse...

Silly Talk, faltou-me "um bocadinho assim"... Foi por pouco!

Pior mesmo só quando me caiu uma osga pela chaminé da cozinha e ficou enroladinha em cima do bico do fogão. Aí até as lágrimas me caiam pela cara abaixo tal era o pânico. Chamei metade do prédio para me virem matar a osga!

E uma vez entrou-me um gafanhoto pela janela da cozinha enquanto estava a estender a roupa e ficou aos saltos pela cozinha, enquanto eu fugia a sete pés!

Só aventuras! A bicharada persegue-me! =)

tempus fugit disse...

Isso é bicho para se esconder debaixo do colchão ou quiçá da almofada.... Alguns enrolam-se no cabelo e é um caso sério para os soltar. Claro que não tenho problemas desses. Quando estiveres deitada, convém confirmares se está algum debaixo da almofada. Mas sem a levantares, senão espantas o animal. E isso é bicho para te atacar toda se se assustar.
:-)

Marta disse...

Obrigadinha, sim?! Não bastava ter passado o dia todos aos vómitos ainda vou ter pesadelos de noite! Deixa lá, como tu não tens cabelo... pode ser que te entrem pelas orelhas e façam ninho!!! :P

Cenasdegajo disse...

Se eu tivesse um blog, em que um dos posts com mais comentários, fosse sobre o «ANTENAS», ficava preocupado!

Marta disse...

É verdade! A minha amiguinha barata gigante fez sucesso! :D